seres_humanos_1-1.jpg.jpeg
Curiosidades

Os seres humanos serão quase irreconhecíveis daqui a 1.000 anos

O que os seres humanos serão daqui a 1.000 anos? A nossa espécie já passou por tantas evoluções, que foram centenas de milhares de anos.

E um vídeo que está tomando conta da internet nos últimos dias, sugere que a próxima evolução não demoraria tanto para a acontecer e que poderíamos desenvolver olhos vermelhos, termos pele mais escura e ser mais bonitos.
As alterações climáticas, inteligência artificial e mutações genéticas estão prontas para transformar nossos corpos de maneiras drásticas, poderíamos, por exemplo, ter uma alteração em nosso DNA, fazendo que nossos olhos ficassem vermelhos e por consequência do aquecimento global, a pela se tornaria mais escura como uma proteção natural contra o sol.

O vídeo, criado por pelo canal AsapScience, descreve um cenário hipotético em que nossos corpos serão parte humana e parte da máquina, no futuro, os nanobots – ou robôs com músculos serão integrados em nossos próprios corpos, aumentando as nossas capacidades, não sendo mais ser limitada pela própria fisiologia.
Confira:

https://youtu.be/Cs1uud8HiCQ

Enquanto isso, os bebês terão novos genes, fazendo com que as futuras gerações fiquem muito mais inteligentes, atraentes e fisicamente fortes. Como o aquecimento global tomará proporções maiores, os seres humanos também ficarão mais magro e mais alto, pois isso é uma maneira do corpo dissipar o calor. E de acordo com o Dr. Alan Kwan, que tem PhD em genômica computacional da Universidade de Washington em St Louis, nossos rostos mudarão dramaticamente.


Dr Kawn criou uma série impressionante de imagens que mostram uma evolução possível para a raça humana ao longo dos próximos 100.000 anos. O Dr. Kwan acredita que a chave para a nossa evolução futura será da forma natural e adaptação da biologia para atender às nossas necessidades.

Como a engenharia genética muda o tempo todo, “o destino do rosto humano será cada vez mais determinado por gostos”, escreve o Dr. Kwan, enquanto suas pesquisas continuam a expandir e ele verifica que os nossos cérebros continuam crescendo ao longo do tempo.
Como o homem alcança o domínio total sobre a genética, o rosto humano se tornará atraente: forte, linhas retas, os olhos intensos, e colocação de características faciais mais escuras e simétricas.

Dr. Kwan acredita olhos irão crescer, ficando enormes, igual vemos nos filmes de aliens por ai, e que também vamos desenvolver novos recursos, aprimorando então a nossa fraca visão noturna e até mesmo um piscar de olhos para em cada olho, diferente de que temos hoje. De fato, em 2050, um tipo completamente novo de humano começará a aparecer, como resultado da nova tecnologia, comportamento, e seleção natural.

E mais pesquisadores concordam, Cadell do Instituto Global de Cérebro, que afirma a humanidade está passando por uma grande “transição evolutiva”. Em menos de quatro décadas, vamos viver mais, ter filhos com idade avançada e confiar na inteligência artificial para fazermos tarefas. Essa mudança é tão significativa, ele afirma, é comparável à mudança de macacos para macacos, e macacos para seres humanos. Com 80 anos, você será totalmente diferente da sua vó/vô de hoje, sendo mais ágil e com um cérebro mais rápido.

Alguns cientistas evolucionistas acreditam que em 2050 seja normal vivermos até 120 anos. Vivendo por muito mais tempo, e que os robôs irão substituir postos de trabalho braçais, e as mulheres vão poder ter filhos mais velhas e as pessoas terão mais tempo para se envolver em atividades culturais.

Comentários no Facebook
CONTINUAR LENDO
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir