Curiosidades

Com 6 anos, ela queria matar toda a sua família, veja como ela está 25 anos depois

970carxlm3_53cewi1l1_file.jpg

O vídeo abaixo trata-se do documentário de Elizabeth Thomas, uma menina de apenas 6 anos de idade que possuía um transtorno raro de psicopatia, esse transtorno fazia com que ela odiasse qualquer pessoa a sua volta, até mesmo seus pais e seu irmão. Beth, torturava seu irmão mais novo, Jonathan. 
Ela também costumava torturar animais de estimação, chegando a esmagar um pássaro que estava em seu ninho. 

Assista o vídeo abaixo para entender melhor o caso: 

COMO A CIÊNCIA EXPLICA ESSE TIPO DE COMPORTAMENTO? 


Assista Vale lembrar que trata-se de um transtorno psicológico, na qual a pessoa não tem nenhum controle sob sua ações. 


Segundo o Dr. KenMagig, psicólogo clínico especialista no tratamento de crianças abusadas quando crianças, estas crianças estão na verdade traumatizadas por acontecimentos traumatizantes nos seus primeiros anos de vida. Isso faz com que elas não consigam se conectar emocionalmente com outras pessoas. 


Elas não conseguem sentir amor, nem amar alguém. Crianças como essas são psicopatas em potencial e se não forem tratadas quando crianças, o transtorno tende a piorar. Essas crianças são capazes de matar qualquer pessoa ou animal sem um pingo de remorso, pois não aprenderam a ter empatia com outras pessoas. 


COMO ELA ESTÁ ATUALMENTE? 


Seus pais a enternaram em uma clínica especializa no tratamento de crianças que sofrem de desordens mentais, para desfazer o trauma que ela teve quando criança. O seu transtorno não tem cura, mas Beth conseguiu estudar e se formou em enfermagem e hoje ajuda crianças como ela, que sofreram de abusos sexuais.

Apesar do caso de Beth ser um exemplo positivo, muitas crianças ao redor do mundo sofrem do mesmo problema, esse caso serve de aviso para todos os pais, devemos ter bastante cuidado com a forma que criamos nossos filhos, não queremos criar problemas que mais tarde possam se tornar um fardo da vida da criança, que mais tarde pode se tornar algo maior que a impeça de viver uma vida normal.

Fonte: Climatologia Geográfica   

Comentários no Facebook
CONTINUAR LENDO
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Subir