Um amor só é saudável quando é recíproco

Reciprocidade, do latim reciprocĭtas, é a correspondência mútua entre pessoas ou situações. Logicamente a palavra se liga ao amor, mas seria realmente necessário a existência da reciprocidade em um relacionamento?

Basta analisarmos o universo, a natureza. Fisicamente, biologicamente e quimicamente, tudo no universo busca estabilidade, e por que o amor seria diferente?

Amar não é completar-se com a presença de alguém, mas sim enxergar na pessoa o transbordar de emoções.

Na natureza, quando há a ausência de estabilidade, há o surgimento de incógnitas que, de modo agressivo ou passivo, se manifesta… E por que no amor seria diferente?

O amor está ligado diretamente à saúde mental do indivíduo, logo não basta só amar, mas também ser amado.

Ame, ame descontroladamente, mas não se descontrole ao ponto de amar sozinho.

Amar e ser amado não são linhas paralelas. Um fator é depende do outro.

Comentários no Facebook

Vladimir Putin assina lei que proíbe crueldade com animais na Rússia

teste