Cabeleireiro deita-se no chão para cortar cabelo de uma criança autista.

O gesto

Um cabeleireiro deitou-se no chão para cortar o cabelo de uma criança autista. Todos nós já fomos ao cabeleireiro e sabemos perfeitamente que é algo natural, já que ao chegar, sentamo-nos e o profissional apenas faz o trabalho dele.

A questão é que isso é simples apenas para quem não possui condições especiais. Temos o exemplo de pessoas portadoras de autismo, uma doença que se desenvolve desde cedo e dificulta a interação e comunicação com outras pessoas.

Infelizmente, nem todas as pessoas são insensíveis, ainda há muita gente por aí que trata as pessoas portadoras de autismo com respeito e carinho. Como foi o caso de Francis Jacob um cabeleireiro do Canadá, que atendeu um menino muito especial chamado Wyatt Lafrenière, com apenas 7 anos de idade.

Relato da mãe

De acordo com a mãe de Wyatt, Fauve Lafrenière, além do autismo ele sofre também de hipersensibilidade o que faz com que quando chegue o momento de cortar o cabelo se torne um momento dificil para ele, já que não consegue parar quieto.

Este cabeleireiro, acaba por ser um amor de pessoa, já que faz com que um momento complicado para o menino se transforme num dos momentos mais agradáveis de sempre.

Numa das ultimas idas ao cabeleireiro, Wyatt não parava quieto, começou a rastejar pelo chão da barbaria, mas Francis não desistiu e foi para o chão também, chegando até a cortar o cabelo deitado, o menino acabou por sossegar e ele continuou o trabalho dele ali mesmo, deitado no chão.

Para além disso, muitas vezes são apontados por outras pessoas como pessoas “anormais”, o que não é verdade, já que são apenas pessoas com uma condição diferente da grande maioria e merecem o mesmo respeito que todas as outras.

A mãe ficou emocionada com todo o momento e não resistiu a registar o sucedido.

Ela acabou por fotografar e postar na sua rede social, acompanhado com a seguinte mensagem: “A propósito, tens aquele barbeiro que dá tudo de si? O meu filho sim, e é o melhor! É fantástico, ele sempre o recebe como se fosse o seu grande amigo e o meu filho fica fascinado. Ele faz todo o possível para deixá-lo confortável. Eu pensei que seria impossível encontrar um lugar assim”. Escusado será dizer que a publicação viralizou e foi vista por imensas pessoas.

A reação de Francis

Quando Francis percebeu que estava por toda a internet ele ficou muito emocionado e apenas disse algumas palavras sinceras: “Eu admito que chorei quando me vi em todos os lugares. Eu não gosto de ser chamado de herói, eu apenas tento fazer o melhor para a minha comunidade”.

A mãe do menino admira Francis pela sua paciência, pela maneira tão especial como lida com o seu filho, por isso mesmo tornaram-se clientes habituais.

Esta é sem dúvida uma mãe grata por saber que finalmente alguém trata o filho dela com tanto carinho.

E aí, o que você achou da atitude deste cabeleireiro?

Comentários no Facebook

Criança rouba cena após começar a rebolar durante reportagem

Esse homem passou 40 anos transformando deserto em floresta provando que ainda há esperança para nosso planeta.