Após declarações de amor por companheiro preso, jovem é morta durante visita íntima na cadeia

Para muitos o último domingo, 27, foi apenas um dia normal… mas não para a cidade de Jundiaí, mais especificamente no Centro de Detenção Provisória (CDP), onde uma jovem de 22 anos foi morta pelo seu companheiro durante uma visita íntima.

Segundo informações apuradas pelo portal de notícias da Rede Globo, o G!, a Secretária de Administração Penitenciária não se posicionou perante o caso.

A jovem, Nicolly Guimarães Sapucci, foi agredida no rosto com vários chutes pelo seu companheiro, Michael Denis Freitas, de 25 anos, que estava cumprindo pena por roubo. As informações que temos até o momento foram apuradas pela TV TEM, que também disse que a briga aconteceu após  uma discussão do casal e que, inclusive, eles chegaram a cair da beliche em que estavam.

Nicolly foi levada até o hospital com graves agressões no rosto, que lhe deixaram desfigurada, mas acabou não resistindo aos ferimentos e teve seu corpo encaminhado ao IML de Jundiaí.

Quanto ao agressor, ele foi pego em flagrante e será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher da cidade.

Em suas redes sociais, podemos ver diversas declarações da jovem que dizia que estava sim ao lado do seu companheiro mesmo ele estando preso e que se orgulhava disso, que mandava cartas e fazia tudo por ele, como você pode ver na imagem abaixo:

Comentários no Facebook

16 fotos tiradas no momento certo que ficaram hilárias

Ilha aparece misteriosamente no Triângulo das Bermudas e intriga todos